MENSAGEM DO DIA

Google+ Followers

Seja um seguidor(a)

sábado, 31 de março de 2018

Canal De Humor "Porta Dos Fundos" Ridiculariza a Igreja Universal Do Reino De Deus Em Novo Vídeo (Assista)

Quando o Porta dos Fundos era o canal mais assistido da internet brasileira, muitos de seus vídeos passavam de 10 milhões de visualizações. Um dos mais populares da história do canal é “Demônio”, publicado em maio de 2013, que chegou a ultrapassar 12,5 milhões.

Naquele esquete, Gregório Duvivier interpretava um pastor, usando um tom de voz e trejeitos que lembram o bispo Edir Macedo. João Vicente de Castro surgia em cena como um endemoninhado que o pastor não conseguia libertar. A “piada” em questão era como os exorcismos, comuns em cultos neopentecostais, seriam uma fraude.

Cinco anos depois, neste sábado em que muitos cristãos ainda celebram a Páscoa, o Porta dos Fundos decide requentar a piada, com o esquete “Deu Branco”. Nele, Gregório volta a interpretar um pastor e João Vicente aparece como um homem fingindo possessão.

Em certo momento, o pastor de Duvivier diz que está “ao vivo na Record” deixando inequívoca a relação com os cultos transmitidos pela emissora ligada à Igreja Universal do Reino de Deus. O título do esquete tem a ver com o fato do homem que fingia estar endemoninhado ter esquecido o script.

Logo em seguida ao exorcismo fracassado, entra em cena um outro homem, fingindo ser aleijado, enquanto o líder religioso afirma que traria uma “energia de cura” para a igreja. As cenas finais mostram o pastor vivido por Duvivier fazendo entrevista com vários atores. Um deles (Rafael Portugal) apresenta seu currículo, onde consta a experiência de “dois anos de Exu na Universal”. Desta vez, a citação é direta, reiterando o que até então estava apenas implícito no vídeo.

Nos últimos seis meses, o Porta dos Fundos manteve a média de 2 esquetes por semana, totalizando 48 vídeos. Nove deles (20%) tinham como tema o cristianismo ou a pessoa de Deus. A média de visualizações foi pouco maior que 1,6 milhão. Um número muito distante dos seus tempos de sucesso. Os comentários no vídeo deste sábado mostram que ofender a religião alheia além de poucos views, só rende ao grupo muitas críticas.

Curiosamente, a Rede Record dá espaço em sua grade todas as noites da semana para o talk show de Fábio Porchat, um dos mentores do Porta dos Fundos. Até o momento, a emissora parece não ver problemas em promover quem ridiculariza a fé de seus proprietários. No ano passado, um grupo de católicos processou Porchat, Duviver e companhia por causa de um vídeo onde eles zombavam da pessoa de Deus.

Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POSTAGENS RECENTES