MENSAGEM DO DIA

Google+ Followers

Seja um seguidor(a)

domingo, 10 de junho de 2012

AS RELIGIÕES DOS FAMOSOS - PARTE 12

MILEY CYRUS 
É uma atriz, cantora, compositora, designer de moda, empresária e dançarina ,norte-americana. Miley Cyrus começou sua carreira em 2001 como atriz, e ficou mundialmente conhecida em 2006 por interpretar Miley Stewart/Hannah Montana na série da Disney Channel, Hannah Montana.Em 2008, Miley foi eleita pela revista americana TIME como uma das 100 famosas mais bem pagas do mundo. Como cantora, já vendeu mais de 20 milhões de álbuns mundialmente. Miley Cyrus, é filha do cantor country e evangélico Billy Ray Cyrus, foi criada como uma garota de família conservadora, procurando seguir as regras da Igreja Cristã Protestante. Seus pais são membros de uma Igreja evangélica de Kentucky. Foi batizada na Igreja Batista. Após a polêmica apresentação durante o VMA 2013, premiação da MTV para a música pop nos Estados Unidos, a cantora e atriz Miley Cyrus continua causando polêmica por declarações fortes sobre sua atual fase.De formação cristã na infância, a estrela do seriado da Disney Hannah Montana afirmou que mudou de comportamento por acreditar que agora, aos 20 anos, poderia deixar para trás a imagem que carregou durante a adolescência: “Senti que poderia finalmente ser a vagabunda que realmente sou”. Miley Cyrus é Ex-Evangélica. Miley falou certa vez sobre sua fé antes de deixar de ser evangélica. “Minha fé é muito importante para mim”. “Mas eu não necessariamente defino minha fé indo na Igreja todo o domingo. Porque agora quando eu vou à Igreja, eu sinto como se fosse um show. Sempre tem câmeras lá fora. Eu sou bem espiritual à minha maneira. Deixe-me ser clara – Eu sou Cristã Jesus é quem me salvou. Ele é o que me mantém cheia e inteira”, disse ela. Atualmente em entrevista que a cantora concedeu à revista Rolling Stone, ela disse: “Maconha é a melhor droga do mundo. Cocaína é nojento. Uma vez eu fumei e bebi chá de peyote junto, e vi um lobo uivando para a lua. Hollywood é a cidade da cocaína, mas maconha é muito melhor. E molly também. Essas são drogas felizes”.

CARMEN SILVA
A cantora estourou em 1969, com o hit ‘Adeus, solidão’ e se tornou um fenômeno de vendas. Mas as luzes, o sucesso, o dinheiro e o reconhecimento nacional, e até internacional, não a faziam feliz, como as pessoas pensavam. Com problemas emocionais e familiares, envolvida com religiões, sem achar o caminho para a felicidade, Carmem não via saída para sua vida tão atribulada, até que uma viagem para os Estados Unidos mudou a sua história. Aproveitando a passagem por aquele país, Carmen decidiu visitar a filha, Karla, que mora nos EUA. Vendo a aflição da mãe, Karla a convidou para assistir a um culto na igreja que freqüentava. Naquele dia, Carmem aceitou a Cristo e iniciou uma nova vida. Hoje, Carmen Silva é Evangélica e canta músicas voltadas para o segmento gospel. Mais do que cantora, hoje a artista é uma levita, uma adoradora e suas músicas não falam mais de sofrimentos, nem de amores mal resolvidos, mas de amor eterno, de vitória e de salvação. O único nome constante na obra atual de Carmen, é o nome de Jesus Cristo.


ALICE COOPER
Ficou conhecido pelas performances teatrais, com cenários de filme de terror, muito sangue, aparelhos de torturas, mortes simuladas e maquiagem obscura. O cantor se converteu ao Cristianismo (Evangélico), deixou o alcoolismo e as drogas de lado, mas não abandonou sua persona horripilante. “Leio a Bíblia de manhã e à noite. E dou aulas de cristianismo, às vezes”, diz estrela do rock. Apesar de fazer shows cantando músicas até sobre necrofilia, o rock star de 63 anos ora duas vezes ao dia. Alice Cooper revela que na igreja tem pessoas que não gostam de suas atitudes, mas a maioria o enxerga como mais um cristão. “Existem advogados cristãos, médicos cristãos. Sou um cantor de rock cristão. Sempre oro antes dos shows. Oro todos os dias. Leio a Bíblia de manhã e à noite. E dou aulas de cristianismo, às vezes. Meu pai era pastor, meu avô também. Isso é algo de família.”


HELOÍSA PERISSÉ
O encontro com Cristo, ela conta, aconteceu num culto da igreja Sara Nossa Terra da Barra da Tijuca, no Rio, a que compareceu levada por amigos. Atualmente, a atriz frequenta a Igreja Presbiteriana da Gávea, bairro da zona sul carioca, onde mora. “Nada, mas nada mesmo, pode me afastar do amor de Deus”, recita. “Creio que o Senhor espera de mim ousadia, e por isso vou em frente.”Quando sabem que sou crente (Evangélica), as pessoas costumam me perguntar se minha família era evangélica. Não tive formação evangélica. Eu me converti na Sara Nossa Terra. Fui batizada ali em maio de 1999. Depois disso, minha família foi se convertendo aos poucos, mas nem todos são crentes ainda. Eu oro todos os dias e leio a Bíblia constantemente. A Bíblia é meu livro de cabeceira. Comecei um estudo bíblico toda quarta-feira lá em casa, já que nem todo domingo eu vou à igreja por causa dos compromissos profissionais. E olha que nas férias é até mais difícil. Mas eu estou ligada 24 horas por dia no Senhor, sempre orando e vigiando. Olha, a fé para tudo, em tudo, é uma coisa sem a qual eu não vivo. Hoje, eu realmente não consigo ver a minha vida sem Deus. 


FELIPE FOLGOSI
O ator Felipe Folgosi estrelou na Rede Globo com a minissérie Sex Appeal (que relatava o mundo da moda). Devido ao sucesso de seu personagem, Felipe foi chamado logo depois para ser um protagonista na novela de Antônio Calmon“Olho por Olho”, fazendo o personagem Alef, onde tornou-se conhecido nacionalmente. Depois, chegou a fazer um cigano na novela “Explode Coração” e um surfista na novela “Corpo Dourado”. Participou do reality show "A Fazenda 5" da Rede Record.. Mesmo com o sucesso, Felipe mantém os pés no chão, procura seguir os preceitos cristãos (Evangélico) num mundo de badalação, futilidade e falso glamour. "Cresci numa família católica, fui esotérico, espírita e outras religiões. Porém anos atrás, quando minha mãe foi fazer uma operação no coração, ela não precisou, porque recebeu uma oração e foi curada por Deus. Depois disto eu comecei a freqüentar a igreja, pois vi o poder de Deus. Pude ver que Jesus existe, não é uma idéia ou um ser mitológico distante, mas ele é tão presente, enfim Deus a cada dia tem me transformado para melhor". 


NELSON NED
Conhecido como O Pequeno Gigante da Canção, Nelson Ned foi o único artista da América Latina a lotar quatro vezes o Carnegie Hall. Com sucessos um atrás do outro, entre eles a música Tudo Passará, veio também a dependência pelas drogas e o fundo do poço, com a conseqüente perda de toda a sua fortuna. Na década de 90, ele tentou dar a volta por cima, tornando-se Evangélico e gravando músicas Gospel, mas as dificuldades de locomoção (freqüentemente precisa da ajuda de uma cadeira de rodas) e as fortes dores o impediram de permanecer no palcos. O cantor completou 65 anos no dia 02 de março/2012.


TONZÃO (EX-HAVAIANOS)
Ele estava voltando de uma balada quando começou a se sentir mal e precisou ser internado. “Fui hospitalizado e nenhum médico descobria o que eu tinha. Sentia arrepios, tontura, convulsão. Só melhorei quando falei com o pastor. Era como se alguém estivesse dirigindo meu carro. Senti que Deus estava me chamando. Poderia ter acontecido algo pior”, lembra ele. Uma euforia foi causada no meio artístico quando o até então líder do Grupo de Funk Carioca “Os Hawaianos”, grupo que arrastava multidões para eventos com suas músicas e danças sensuais, declarou estar agora convertido ao Evangelho e ser membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus dos Últimos Dias através das incursões feitas nos bailes funk pelo Pastor Marcos Pereira. 

Fonte: Variedades Gospel Veras
Com informações:Virgula/ O Diário/Eclesia/Extra/Gospel+/ O Fuxico/Wikipédia/Papel Elétrico

Um comentário:

  1. Parabéns pelas matérias! Gostei do blog fiquei horas aqui lendo.

    ResponderExcluir

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS RECENTES