MENSAGEM DO DIA

Seja um seguidor(a)

Google+ Followers

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

BIBLIOGRAFIA - O PROFETA JEREMIAS

Ao contrário de muitos profetas, Jeremias tem muito a dizer de si mesmo. Era sacerdote por nascimento, 1:1, e foi chamado pelo Senhor para o ministério da profecia, muito jovem ainda, 1:6. Alegando sua mocidade, (apenas 21 anos), inexperiência e deficiência no falar, 1:6, como razões para não atender à chamada.

Deus revelou-lhe que o consagrara para este serviço antes do seu nascimento, 1:5, então recebeu a unção divina,1:9, e logo a seguir a comissão, 1:10. Não lhe foi permitido casar-se, cap. 16. A mensagem que teve de transmitir era tão severa e solene que custou amargura a esse coração terno, patriótico, e de um verdadeiro homem de Deus. O entregar desta mensagem de julgamento feria-lhe o coração.

Seu ministério não foi aceito, sua própria família e seus próprios patrícios conspiraram contra ele, 12:6 e 38:8-9. O povo de Jerusalém tam’bem conspirou contra ele, 18:18, sendo por fim, açoitado e acorrentado, 20:1-3.

Solto, foi agredido com risco de sua vida, Cap. 26. Sofreu encarceramento diversas vezes, 37:11-15, 38. Na queda de Jerusalém foi solto por Nabucodonosor, e ajudou o novo governador, mas, morto este, Jeremias viu-se obrigado a acompanhar, sem quere, os refugiados ao Egito, onde encontrou a morte pelo apedrejamento ao contar 40 anos de ministério.

O CARÁTER DE JEREMIAS
Não era poderoso como Elias, eloqüente como Isaías ou místico como Ezequiel, mas, um tímido, acanhado, cônscio de sua incapacidade, anelando por uma simpatia e um amor que jamais conheceria, - tal era o instrumento escolhido, pelo qual veio a Palavra do Senhor, àquela geração corrupta e degenerada. Por quê a escolha de tal homem para tão árdua missão? Ah! Somente um homem de coração boníssimo poderia transmitir com poder e carinho a tremenda mensagem do juízo divino. O importante residia na força da Palavra. Jeremias falou sempre com acerto e distingui-se como o profeta de coração quebrantado.

AS CRISES DE JEREMIAS
O serviço do Senhor é bastante duro; não é um papel indicado para qualquer pessoa. Pelo relato bíblico, parece que as pessoas que são mais usadas por Deus como instrumentos na obra dele passam por grandes aflições. Não é de admirar então que Paulo exortasse Timóteo para que se fortalecesse a fim de passar por tribulações: "Portanto, não se envergonhe de testemunhar do Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro dele, mas suporte comigo os meus sofrimentos pelo evangelho, segundo o poder de Deus ... Suporte comigo os meus sofrimentos, como bom soldado de Cristo ... suporte os sofrimentos ..." (2 Timóteo 1:8; 2:3; 4:5). A realidade das duras provações na vida cristã assusta vários discípulos que ficam abalados ao ponto de deixar de trabalhar para o Senhor.

A pregação corajosa da palavra do Senhor por Jeremias irritou muita gente que não queria que seus pecados fossem expostos e condenados. A pregação da palavra de Deus raramente conduz à popularidade. O tom de autoridade é desgostoso para o homem rebelde. As pessoas que ficam ressentidas com a mensagem perturbadora geralmente recorrem a medidas ou para calar o mensageiro ou para acabar com ele. Não era diferente com Jeremias. O Senhor revelou para Jeremias que os homens estavam tramando para matá-lo. Estes homens incluíram o pessoal da própria cidade dele, Anatote (veja 11:18-23).

Jeremias não entendeu a razão pela qual o Senhor deixou o caminho dos ímpios prosperar. Ele queria saber até quando a terra iria sofrer por causa da perversidade deles que Deus estava aparentemente tolerando. Era especialmente difícil para os santos no velho testamento porque não tinham nítida visão da vida eterna. Foi Cristo que "trouxe à luz a vida e a imortalidade por meio do evangelho" (2 Timóteo 1:10). Antes de Cristo, os fiéis esperavam bênção ou castigo nesta vida. Então quando o Senhor deixava os ímpios permanecerem impunes era bastante difícil para irmãos como Jeremias entender.

A resposta do Senhor à angústia de Jeremias era bem chocante. Ao invés de simpatizar e confortar, o Senhor repreendeu e desafiou. Respondeu de três formas:
"Se você correu com homens e eles o cansaram, como poderá competir com cavalos? Se você tropeça em terreno seguro, o que fará nos matagais junto ao Jordão?" (12:5).

Até mesmo os seus irmãos e a sua própria família traíram você e o perseguem aos gritos. Não confie neles, mesmo quando lhe dizem coisas boas" (12:6).

"Abandonei a minha família, deixei a minha propriedade e entreguei aquela a quem amo nas mãos dos seus inimigos. O povo de minha propriedade tornou-se para mim como um leão na floresta ..." (12:7-8). 


Jeremias chegou ao ponto de sentir-se muito solitário por causa da rejeição quase universal que passou. "Todos me amaldiçoam", Jeremias reclamou, e afirmou que não tinha feito nada para merecer tal horror (15:10-11). "Jamais me sentei na companhia dos que se divertem, nunca festejei com eles. Sentei-me sozinho, porque a tua mão estava sobre mim e me encheste de indignação" (15:17). Foi bem duro para Jeremias ser excluído de tudo por causa da tarefa severa que ele possuía de anunciar a palavra do castigo. Ninguém queria se associar com ele. Por isso, Jeremias voltou-se contra o Senhor: "Por que é permanente a minha dor, e a minha ferida é grave e incurável? Por que te tornaste para mim como um riacho seco, cujos mananciais falham?" (15:18). Antes, Jeremias havia pregado que Deus era "fonte de água viva" (2:13), mas agora o chamou de riacho seco. Até mesmo grandes homens de Deus caem.

A resposta do Senhor à reclamação de Jeremias me surpreende. De novo, ao invés de simpatizar com Jeremias, o Todo-poderoso o desafiou: "Se você se arrepender, eu o restaurarei para que possa me servir; se você disser palavras de valor, e não indignas, será o meu porta-voz. Deixe este povo voltar-se para você, mas não se volte para eles" (15:19). O profeta havia fracassado e a solução era que ele se arrependesse da sua auto-compaixão rebelde e voltasse ao Senhor. Só assim ele seria o porta-voz do Senhor. Desde que ele já era o porta-voz do Senhor, esta promessa que ao se arrepender ele se tornaria o porta-voz significa que estas queixas contra o Senhor já havia tirado dele esta função. Deus estava lhe dando uma segunda chance, mas ele não deu ouvidos às reclamações. Ele não achou a situação insuportável para Jeremias, não. E depois ele repetiu as palavras do chamamento (15:20-21; veja 1:18-19), assim mostrando que as instruções de que Jeremias necessitava para vencer o desafio estavam já em suas mãos.

O CHAMAMENTO
Quando Deus chamou Jeremias para ser profeta (1:5), ele não queria aceitar: "Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem" (1:6). O Senhor respondeu que ele lhe daria as palavras e que ele determinaria a programação (1:7). Também ele se comprometeu a estar com Jeremias: "Não tenha medo deles, pois eu estou com você para protegê-lo" (1:8). O Senhor também concedeu a Jeremias os recursos dos quais ele precisaria para resistir aos ataques dos inimigos: "E hoje eu faço de você uma cidade fortificada, uma coluna de ferro e um muro de bronze, contra toda a terra: contra os reis de Judá, seus oficiais, seus sacerdotes e o povo da terra. Eles lutarão contra você, mas não o vencerão, pois eu estou com você e o protegerei" (1:18-19). Deus já deixou Jeremias prevenido dos esforços dos oponentes, mas lhe deu plena certeza da presença dele para capacitá-lo a encarar todas as dificuldades.

A MENSAGEM
Jeremias pregou ousadamente a mensagem que o Senhor lhe deu: "O meu povo cometeu dois crimes: eles me abandonaram, a mim, a fonte de água viva; e cavaram as suas próprias cisternas, cisternas rachadas que não retêm água" (2:13). Ele expôs a infidelidade e a insensatez do povo de Judá por ter abandonado a única fonte do bem e por ter corrido atrás dos ídolos vazios.


Fonte:Bíblia On Line/Estudos da Bíblia

Um comentário:

  1. A cada dia que passa eu fico mais estasiado por poder ver que o Senhor nosso Deus tem iluminado pessoas como vc para darem lugar ao Espirito Santo e falar ao nossos corações como essa mensagem falou ao meu ; Que Deus Pai,Deus Filho e Deus Espírito Santo te abençoe sempre para continuar abençoando vidas...( Diácono Cristiano Pontes).

    ResponderExcluir

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS RECENTES