MENSAGEM DO DIA

Google+ Followers

Seja um seguidor(a)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

TRAZENDO A ARCA - CASA DO OLEIRO

Eu vou descer até o rosto tocar o chão
Até a alma se derramar
Até que me deixes quebrar
Eu vou descer
E quando mais baixo estiver
Rendido prostrado aos teus pés
Transforma-me
Eu vou descer à casa do oleiro
Eu preciso ser moldado de novo
Eu bem sei que sou barro Senhor
Não sou nada sem Tua presença, oh Deus
Eu vou descer à casa do oleiro
Eu preciso ser moldado de novo
Um vaso de honra Senhor
Faz de mim como assim desejares
Eu vou descer até o rosto tocar o chão
Até a alma se derramar
Até que me deixes quebrar
Eu vou descer
E quando mais baixo estiver
Rendido prostrado aos teus pés
Transforma-me
Eu vou descer à casa do oleiro
Eu preciso ser moldado de novo
Eu bem sei que sou barro Senhor
Não sou nada sem Tua presença, oh Deus
Eu vou descer à casa do oleiro
Eu preciso ser moldado de novo
Um vaso de honra Senhor
Faz de mim como assim desejares
Eu vou descer à casa do oleiro
Eu preciso ser moldado de novo
Eu bem sei que sou barro Senhor
Não sou nada sem Tua presença, oh Deus
Eu vou descer à casa do oleiro
Eu preciso ser moldado de novo
Um vaso de honra Senhor
Faz de mim como assim desejares.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

POSTAGENS RECENTES