MENSAGEM DO DIA

Google+ Followers

Seja um seguidor(a)

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

CURSO FÉ - O NOME DE JESUS

QUARTA LIÇÃO
Antes de voltar aos céus, de onde viera, o Senhor Jesus nos deu ordens para que, no Nome dEle, continuássemos a fazer a obra que Ele havia começado.

A vinda de Jesus foi o raiar de uma nova era para a humanidade. O homem estava condenado ao suplício eterno e a sofrer, ainda aqui neste mundo, todas as doenças e males que o diabo havia criado.

O Senhor Jesus começou a Sua missão nos ensinando qual era a vontade de Deus para o ser humano. Até então, acreditava-se que os sofrimentos faziam parte da punição de Deus pêlos erros praticados. Mas, o nosso Cristo mostrou que sofrer era a vontade do diabo. Em todos os lugares, Ele não só ensinava qual era a vontade de Deus, como a fazia ser realizada: sempre estava curando os enfermos e expulsando os demônios.

Agora, prestes a partir, Ele reúne os Seus discípulos e lhes ordena que continuem a Sua obra. Para tanto, Ele lhes dá a faculdade de usar o Seu Nome para fazer o mesmo que Ele fazia. Graças a Deus por isto!

Aprenda nesta lição que o Nome de Jesus é a nossa suprema autoridade. Passe a ser um vencedor, entendendo como usar este Nome e saiba por que alguns fracassam.

Ele disse: Assim como Tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo (Jo 17.18).

Toda pessoa que quiser ve ncer as batalhas da vida precisa fazer um estudo intensivo do poder e da autoridade que há no Nome de Jesus. Precisa descobrir o entendimento que os heróis da fé possuíam desse Nome. O que realmente significa para nós, hoje, usar o Nome do nosso Salvador e Senhor.

Em João 14.13, o Senhor Jesus assim se expressou: E tudo quanto pedirdes em meu Nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Aqui Ele não está falando propriamente de oração como nós a conhecemos; mas, sim, sobre determinar, exigir, mandar (segundo os estudiosos da língua grega, idioma este em que o Novo Testamento foi escrito).

Usar o Nome de Jesus para o cristão deve ser algo tão comum como qualquer outro ato. Deve ser um uso constante e contínuo. Pedro e João andaram com Jesus e, certamente, estavam presentes quando o Senhor lhes disse que o que determinassem em Seu Nome, Ele o faria. Diz a Escritura, em Atos 3.1-9, o seguinte:

E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona. E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam. O qual, vendo a Pedro e a João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa. E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em Nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram. E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus. E todo o povo o viu andar e louvar a Deus.

O que foi que aconteceu? Pedro e João sabiam que aquilo que determinassem em o Nome de Jesus, o próprio Jesus faria. Quando o mendigo lhes pediu esmola, aproveitaram a ocasião e usaram o Nome de Jesus. É interessante notar que eles não deram um sermão, dizendo-lhe que estava sofrendo porque esta era a vontade de Deus, nem lhe disseram nada mais a não ser a ordem para que, em Nome de Jesus, ficasse bom.

Quando tivermos aprendido que por meio do Nome de Jesus podemos ordenar o que quisermos, começaremos a desfrutar a vida que o Senhor planejou que tivéssemos. Estaremos assim assumindo a posição que o próprio Deus declara já nos pertencer.

No mundo espiritual, nada irá funcionar a nosso favor se não utilizarmos os recursos, o poder e a autoridade do Nome do nosso Redentor. Ao usarmos o Nome de Jesus, temos acesso a Deus, somos atendidos pelo poder celestial e, neste Nome, amarramos todas as forças diabólicas. Quando usamos este Nome sobre as doenças ou qualquer outro mal, podemos estar certos de que derrotamos o mesmo. Porém, às vezes os sintomas ainda perduram por um pouco de tempo, apesar do diabo ter sido derrotado. É uma de suas últimas tentativas. Algumas vezes, ele vem e cochicha no nosso pensamento e nós nem nos apercebemos de que é ele. Ele sugere: "Bem, esta doença é diferente... este caso é mesmo difícil... esta doença é para os médicos... basta tomar um remedinho e pronto... este problema não é tão grave assim, acho que posso carregá-lo..." O diabo é mestre em influenciar pessoas e enganar aqueles que não estão firmados na Palavra de Deus.

O NOME DE JESUS É A NOSSA SUPREMA AUTORIDADE
O Senhor Jesus nos deu o direito de usar o Seu Nome. Ele disse que em Seu Nome expulsaríamos demônios e, se colocássemos as mãos sobre os enfermos, eles seriam curados, além de outros sinais:

E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios... e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão (Mc 16.17,18).

Quando usamos o Nome de Jesus sobre a revelação da Palavra de Deus, o poder de Deus atende à nossa ordem, tal como atendia às ordens de Jesus. Usar o Nome de Jesus é agir como Seu procurador.

O poder e a autoridade que estão atrás do Nome de Jesus são o poder e a autoridade que o próprio Deus possui. O Senhor Jesus declarou que havia recebido todo o poder:

E chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra (Mt 28.18).

O Espírito Santo nos revela que este Nome é a suprema autoridade do universo.

Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai (Fp 2.9-11).

Todos os seres da terra, do céu e do inferno têm que se dobrar diante deste Nome. Quando isto acontece? Quando nós O usamos exercendo o nosso direito, reivindicando qualquer coisa que a Palavra de Deus nos informa pertencer.

E SÓ USAR O NOME
Quando Ele nos deu o Seu Nome para que determinássemos o que quiséssemos, Ele sabia o que isto representaria. O Senhor sabia que pessoas como eu ou você estaríamos exigindo que o diabo e seus males deixassem as nossas vidas. Sabia ainda que alguém com uma doença incurável, um problema insolúvel, iria algum dia, em algum lugar, levantar-se e exigir a sua cura. Ele não somente sabia disto: Ele espera que toda e qualquer pessoa, com qualquer sofrimento, aja deste modo. Ele aguarda que você, que de alguma maneira tem sido atacado pelo diabo, se levante e tome uma posição agora mesmo. Agir de acordo com as orientações da Palavra não é bancar o mal-educado ou o rebelde: é ser simplesmente obediente ao Senhor. Rebeldia e falta de educação tem a pessoa que sabe que o Senhor ordenou que aja de tal modo e não o faz.

PASSE A SER VENCEDOR
Qualquer cristão pode passar da noite para o dia, de um momento para o outro, de dominado a dominador. Decida agora. Use o Nome de Jesus, agradeça ao Pai por esta posição espiritual e faça com que o diabo saiba que, de agora em diante, você é um vencedor.

No mundo espiritual, nada irá funcionar a seu favor enquanto você não fizer uso de suas prerrogativas como filho de Deus. Deus não pode fazer nada por você, se você não assumir a autoridade que lhe pertence em o Nome de Jesus.

POR QUE ALGUNS FRACASSAM?
Muitos fracassam por simplesmente deixar o diabo ter vitória na vida deles. Alguns são preguiçosos e não querem agir do modo que Deus estabeleceu. Outros começam bem e chegam a alcançar algumas vitórias, mas um dia o teste é mais severo, o problema parece mais difícil, o diabo faz uma oposição maior, e eles resolvem aceitar o fracasso.

Alguns chegam a dizer mais ou menos assim: "Bem, não é que eu tenha me esquecido de Jesus ou O tenha negado. Você entende, este problema estava difícil e o diabo fez uma oposição maior; bem, eu simplesmente não consegui... Mas acredito na Palavra de Deus... Tudo o que fiz foi só usar métodos humanos que o Senhor deixou para nós." Estas pessoas nem percebem que na verdade negaram a Jesus, descreram nEle e fizeram pior que os incrédulos. Em Hebreus 10.38, o Senhor Deus nos revela o que acontece quando recuamos ou deixamos de viver da fé: Mas o justo viverá da fé; e, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele (Hb 10.38).

COMO USAR O NOME DE JESUS
Jamais usaremos o Nome de Jesus com sucesso se não estivermos agindo sobre a revelação da Palavra de Deus. É preciso que se entenda que o nosso único elo de ligação com o Pai é através da Palavra. No mundo espiritual a nossa palavra sozinha é acatada como nada. Não era assim no início; o homem tinha autoridade para reinar aqui nesta vida, mas ao pecar, perdeu tudo. Quando Jesus venceu o inferno e expulsou o "príncipe" deste mundo, Ele conquistou para Si a autoridade que o homem perdera e recebeu ainda todo o poder tanto no céu como na terra. Agora Ele nos dá este sublime privilégio de usar o Seu Nome; mas, Ele nos adverte que sem Ele nós não faremos nada. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer (Jo 15.5).

Não importa o problema pelo qual você esteja passando. Primeiro, e antes de tudo, procure meditar na Palavra de Deus. Ao recebê-La no coração, Ela lhe dará a fé - a certeza de que aquilo de que você precisa já lhe pertence. Então, você deve, sem vacilar, usar o Nome de Jesus, reivindicando o que lhe foi revelado.

Após usar o Nome de Jesus, creia que já foi atendido e considere a obra como feita, mesmo que os sintomas atestem o contrário.




Autor: Missionário R.R. Soares - Igreja Internacional Da Graça De Deus


Fonte:www.ongrace.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS RECENTES