MENSAGEM DO DIA

Seja um seguidor(a)

Google+ Followers

domingo, 26 de junho de 2011

FERNANDA BRUM - CD GLÓRIA


Com a produção de Emerson Pinheiro, Glória é o décimo álbum de Fernanda Brum, lançado pela MK Music em 2010.

O disco contém 15 canções compostas por Fernanda, Emerson e Livingsthon Farias. O CD reúne baladas, rock e, imaginem, ritmo baiano – todos com a temática da glória e o poder de Deus.

Começamos com a música A tua glória faz, que fala da grandeza da glória de Deus. Ela faz estremecer tudo dentro de nós, ela faz derreter os nossos corações. Ela nos revela Emanuel, que se entregou por nós. O amor grandioso dele para conosco nos faz dançar e cantar para a glória dele. Bela canção.

Uma pegada mais pesada combinando com um tom clássico feito por cordas conduz Canta minh’alma. A glória faz nossos corações se quebrantarem, e esse som do chamar de Deus é irresistível. Nosso desejo é de subir mais alto, correr até o céu no sobrenatural. Canção bonita, mas não gosto dessa pegada pesada.

Algo mais leve conduz Vem sobre mim que é uma canção de entrega ao Espírito Santo: “Espírito Santo, toma minha mente; Espírito Santo, toma o meu coração; Espírito Santo, toma o meu ventre; Espírito Santo, toma minha casa; Espírito Santo, toma minha família; Espírito Santo, toma os meus filhos; vem sobre mim.” Parêntese: Essa temática de casa, família, ventre, filhos, se deve ao CD ter sido gerado durante a gravidez de sua filha Laura.

Um belo jogo de vozes traz Eu quero ir além. Quando estamos nas asas de Deus podemos ir além. Que o Senhor possa abrir os céus sobre nós, mandando mais dele em nossas vidas, mais da sua graça, seu toque, sua graça, sua glória, sua vida e caminhos.

Enquanto eu chorava é uma das que mais gosto, e é belíssima. Mesmo quando chorávamos, clamávamos e adorávamos em meio a dor, o coração do Senhor nos ouve. Mesmo quando as pessoas não entendem a nossa insistência, é quando Deus está nos cuidando e gerando em nós um sonho grande. E é no meio do choro que ele nos dá o milagre, muitas vezes pela madrugada, quando a mão de Deus age e o zelo e amor de Deus se mostra em nós.

Com arranjos fenomenais, A glória do Pai é uma das que se destacam no repertório. Como se imagina, versa a glória de Deus que se manifestou na cruz. Você pode ter visto o mar se abrir, o céu se rasgar, cochos andar, surdos ouvirem, sarças arderem, mas nada se compara a presenciar a glória do Pai, que desce direto do céu. Bela canção.

Máscaras fala da proteção do Senhor. Agindo Deus, quem impedirá? Nos momentos em que os nossos inimigos contendem conosco, onde trevas e grilhões nos lançam em prisões, Deus se levanta como um leão, destruindo todo veneno, medo e pavor.

Sem dúvida, um dos carros chefes desse trabalho leva uma batida baiana. Pavão Pavãozinho é uma canção de protesto. Mescla o contraste de um lado, com um país com tanta miséria, com caos, com pessoas passando fome, idosos passando necessidade. De outro lado, com políticos corruptos, demagogos e vagabundos, justiça muito injusta, prisões inúteis, cristãos preguiçosos, pessoas que só pensam em dinheiro e promoção pessoal. É uma canção clara: Estamos buscando mudar a situação do país? Estamos trabalhando pelo país? Estamos ajudando quem precisa? A mensagem da canção é bem clara: ACORDA BRASIL!

Continuamos com A visão da glória, que fala sobre uma visão do Senhor assentado no trono, alto e sublime, cheio de glória. Tão grande é essa glória que nos arrependemos e nos prostramos. Ele toca em nossos lábios e remove a nossa culpa. Enquanto isso, os serafins cantam “Santo, santo, santo, santo é o Senhor, toda Terra está cheia da sua glória.”

Um dueto de Fernanda com Ludmila Ferber conduz a canção Meu melhor amigo. É uma poesia, que fala sobre Jesus, como nosso melhor amigo, autor da nossa vida, Salvador, Messias, Rei, Consolador, tudo o que precisamos pra viver. Ele é o Emanuel, o Deus que está comigo. Se temos a ele, tudo está bem.

No sangue e no fogo fala de um sentimento de estar “ziguezagueando”, percorrendo lugares no céu, acima das estrelas. Quebramos cadeiras, libertamos os algemados como labaredas de fogo, andando pelo sangue e pelo fogo. Não me interesso por canções em que se inventam ou colocam termos e expressões não tão interessantes numa música cristã. O ato de “ziguezaguear” várias vezes citado na música me apresenta como desnecessário.

Continuamos com Ninguém vai me segurar. Somos filhos e herdeiros de Cristo, além de guerreiros. Ninguém vai nos segurar, pois somos de Deus e o lugar preparado por Deus é nosso. Tudo o que precisamos é estar seguros na mão de Deus, pois, nela, até atravessar as “cordas bambas” dos nossos pensamentos conseguimos. Mesmo sabendo que nem sempre é fácil, temos que lutar sempre.

Outra canção que tem a temática das provações em nossas vidas é Serpentes no deserto. Muitas vezes nossa vida é como um deserto, com serpentes e a morte nos rodeando. A dúvida sempre paira: Quanto mais vão nos roubar e abusar? Temos que ser bravos e valentes nessa luta, pois nessa luta, o cavaleiro do Senhor vem, e com seu braço forte, destrói nossos inimigos. Confie!

Um dia desses fala da nossa dor e tristeza por nossos sonhos e pelas promessas que Deus nos fez, mas que ainda não se cumpriram. Toda essa dor e clamor chega ao Senhor, que é fiel e nunca falha. Ele ouve nossa oração, não despreza o coração e trará o socorro até nós.

Pra encerrar, uma versão em vozes do coro de A glória do Pai.

Então, é isso. Mais um belíssimo CD dessa cantora abençoada chamada Fernanda Brum.


FAIXAS:
1. A tua glória faz
2. Canta minh´alma
3. Vem sobre mim
4. Eu quero ir além
5. Enquanto eu chorava
6. A glória do Pai
7. Máscaras
8. Pavão Pavãozinho
9. A visão da glória
10. Meu melhor amigo
11. No sangue e no fogo
12. Ninguém vai me segurar
13. Serpentes no deserto
14. Um dia desses
15. A tua glória faz (Bônus)

Fonte:Super Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS RECENTES